Erro
  • Plugin Captcha não foi definido ou então não foi encontrado. Por favor, entre em contacto com o administrador do sítio

Paul Année - Pão fresco sem glúten

Paul Année - Pão fresco sem glúten

Gerard Seelt cresceu na padaria biológica do pai em Amesterdão, na Holanda, onde há 20 anos já faziam pão biológico sem glúten. A produção começou com o pedido de um médico ao pai de Gerard, numa altura em que os seus pacientes celíacos não tinham onde comprar pão sem glúten.

Apesar de já ter atravessado fronteiras e ter um longo percurso, este pão é feito de ingredientes tão simples como farinhas de milho e arroz biológicas e sem glúten, margarina, sal e açúcar. A receita veio na bagagem com Gerard quando o engenheiro te Telecomunicações, de dia, e padeiro biológico por gosto, de noite, se mudou para Portugal.

O pão de milho e arroz sem glúten, uma espécie de broa, começou a ser comercializado na padaria de Gerard, com o mesmo nome da sua marca: Paul Année, em Lisboa. Era aqui que era vendido directamente ao público, mas também podia ser adquirido nas lojas biológicas para as quais o padeiro vendia pães biológicos e kosher (que obedecem à Lei Judaica).

A loja encerrou anos depois, em 2010, quando a marca Paul Année foi adquirida pela panificadora Jimbolo, que fez subir a produção e aumentou o número de pontos de venda deste pão. O pão sem glúten é fabricado numa sala dedicada onde o espaço, máquinas, formas e matérias-primas são exclusivos para a produção deste pão.

Desde a pesagem das farinhas, importadas da Holanda, até ao embalamento do pão, o padeiro Daniel Assunção, encarregado do fabrico do pão sem glúten, não manipula qualquer outra farinha. O processo demora duas horas de início ao fim e Daniel já está habituado a esperar até poder começar a segunda fase do seu trabalho a fabricar outros pães.

Neste momento, a distribuição é feita apenas na Região de Lisboa e Cascais, para garantir a frescura do produto. De acordo com o Director Comercial da Jimbolo, Paulo Vittoriano: “tudo o que possa atrasar a colocação no ponto de venda torna-se negativo e a manutenção da credibilidade na marca faz com que a opção seja a de distribuição de proximidade”.

São vendidas cerca de 130 unidades/mês, cerca de mais 40% do que no período homólogo do ano passado, em parte pelo aumento de pontos de venda e divulgação do produto. Presume-se que grande parte da produção é absorvida por doentes celíacos, intolerantes ao glúten e intolerantes ao trigo.

O interesse da comunidade celíaca neste pão resultou este ano na celebração de um protocolo entre a Jimbolo e a APC, que visa garantir análises regulares a este produto e a colocação do símbolo da APC nas embalagens, pelo teor de glúten deste produto ser inferior a 10 ppm, nas últimas análises realizadas.

A Jimbolo apostou neste produto por ser único no mercado e satisfazer a necessidade de um nicho em que havia procura, mas não havia oferta. Contudo, não se trata de um produto lucrativo, pois durante as duas horas que demora o processo de fabrico, o padeiro e os equipamentos estão indisponíveis para o fabrico de outros pães de forma a evitar possíveis contaminações.

Apesar disso, como qualquer empresa, há o desejo de diversificar o portfólio de produtos panificáveis sem glúten. Gerard já começou a testar novos pães com farinha biológica de Teff, um grão isento de glúten com elevado valor nutricional, cultivado na Etiópia e ainda desconhecido em Portugal. 

Além do pão, o padeiro testou com sucesso bolachas areadas de avelã que foram muito apreciadas pelos colegas e desapareceram num ápice. Talvez este seja um dos novos produtos da gama sem glúten que a Paul Année poderá lançar nos próximos anos.

Pontos de venda

Espaço Bio – Supermercados Biológicos
http://www.facebook.com/pages/Espa%C3%A7o-Bio-Supermercados-Biol%C3%B3gicos/111032365613398

Supermercados Brio

http://www.brio.pt/

Lojas Miosótis

http://www.biomiosotis.com/

Continente do CascaisShopping

http://www.continente.pt/ContinenteStoredetail.aspx?storeid=L00003

Supermercado El Corte Inglés (Lisboa)

https://www.elcorteingles.pt/supermercado/sm/login/login.jsp

Restaurante Bem-me-quer

http://www.bem-me-quer.pt/

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar.
  • Pescanova
  • Apolónia
  • Alpro
  • Dr. Oetker
  • McDonald’s
  • Noglut
  • Telepizza
  • Gullón
  • Glutamine
  • Celeiro
  • Mar Ibérica